Psicoterapia

Família / Casal
Adulto / Adolescente

01.

Psicoterapia Abordagem Sistêmica

A terapia sistêmica tem a visão do indivíduo em sua totalidade, considerando a história de vida como uma trama de significados.

Durante o processo psicoterapêutico privilegia-se as narrativas dessas histórias, observando-se lacunas, pontos cegos, conflitos e angústias e tem como ferramenta a escuta e a palavra.

A Terapia Sistêmica atua com foco no ciclo vital (linha do tempo) e ao mesmo tempo em situações que atravessam a vida, perdas amorosas, casamentos, mortes na família, nascimento de filhos, entre outros, considerando os fatores culturais e sociais (mitos, valores, crenças familiares).

Temas como, divórcio, novos arranjos familiares (casais homoafetivos), poliamor, ciúmes, relações extra conjugais, luto, saída dos filhos de casa, perdas financeiras, fracasso escolar, são tratados nos artigos neste site.

02.

Psicoterapia Sexual

A terapia sexual tem um olhar dinâmico para questões como disfunções eréteis, falta de desejo, anorgasmia, vaginismo, etc. 

​Muitas são as causas que levam as disfunções sexuais: fatores fisiológicos, hormonais, estresses da vida cotidiana, expectativas de desempenho, baixa autoestima, questões religiosas, crenças ou mitos.

As questões psíquicas e fisiológicas estão profundamente interligadas.

O tratamento ocorre conjuntamente, se necessário, com outros profissionais:  ginecologistas, urologistas, fisioterapeutas e psiquiatras.

O tratamento consiste no diagnóstico e acompanhamento, que pode ser feito por médico e/ ou psicólogo.

A psicoterapia sexual, pode ser individual ou de casal, com foco no problema.

Temas específicos da sexualidade, disfunções sexuais masculinas e femininas, orientação sexual, disforia de gênero, parafilias, são tratados detalhadamente nos artigos deste site.

Indicações de parceiros, psicólogos (terapeutas cognitivo-comportamentais), ginecologistas, psiquiatras, urologistas, estão nos artigos deste site.

03.

Psicanálise

Psicanálise não é um tratamento, é um mergulho em si.

Sigmund Freud, médico austríaco, no início do século XX, desenvolveu a teoria Psicanalítica, revelando a potência do inconsciente.

As manifestações do inconsciente: sonhos, atos falhos, esquecimentos definem a compreensão do comportamento humano.

​A sexualidade é um ponto central para o entendimento da psicanálise, a partir daí, Freud cria conceitos: Inconsciente, pré-consciente e consciente, posteriormente, Id, Ego e superego e complexo de Édipo.

O método criado por Freud, associação livre, o paciente fala livremente, trazendo à tona os desejos reprimidos.

Muitos foram os seguidores de Freud: Jung, Winnicott, Melanie Klein e na atualidade Jaques Lacan.

Para a psicanálise o desejo é a mola propulsora, que movimenta e transforma o mundo.

Temas relativos ao universo psicanálitico, de Freud a Lacan,  são abordados nos artigos deste site.

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook

© 2019 por Helenamarques

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now