Buscar
  • Helena Marques

Qual a diferença entre o Psiquiatra, Psicólogo e Psicanalista?

Atualizado: 28 de Mai de 2019

Essa pergunta é bem comum, e chega a causar confusão.

São profissionais de saúde mental e trabalham com sofrimento psíquico.


As diferenças são relativas à formação do profissional, no modo de compreender o complexo fenômeno do comportamento humano e, consequentemente, nos métodos de intervenção.


O Psiquiatra é um profissional com formação em Medicina e especialização em Psiquiatria. Faz uso do sistema de diagnóstico baseado em manuais como CID10 – Código Internacional de Doenças e DSM-V – Manual Diagnóstico e Estatístico dos Transtornos Mentais. A principal forma de intervenção utilizada por este profissional é a prescrição de medicamentos como antidepressivos, ansiolíticos e outros psicofármacos, de acordo com a patologia apresentada.


O psiquiatra pode fazer uma especialização e atuar também como psicoterapeuta ou psicanalista.



O Psicólogo é um profissional graduado em Psicologia, podendo atuar na área clínica, organizacional, educacional, esportiva e outras. Pode realizar pesquisa em universidades, contribuindo para descobertas sobre as variáveis relacionadas ao comportamento humano.

São várias linhas de abordagem em psicoterapia:


Terapia Comportamental Cognitiva

Psicanálise

Gestalt Terapia

Sistêmica

Junguiana

...entre outras.


A Psicoterapia pode ocorrer em grupo ou individualmente - crianças, adolescentes ou adultos, como também com família e casal.


A psicoterapia consiste em um espaço onde o psicoterapeuta, por meio de um conjunto de técnicas intervém nos problemas emocionais comportamentais e/ou transtornos mentais.


A palavra é a ferramenta do psicólogo na clínica psicológica.


"Por meio da escuta clínica e da mediação verbal, cliente e terapeuta constroem um espaço dialógico, lugar de narrativas e ressignificação de histórias de vida".

O Psicanalista é o profissional que possui uma formação em psicanálise. O estudo da psicanálise está baseado no tripé: formação teórica, supervisão clínica de casos e análise pessoal.


A psicanálise foi criada no início do século XX, pelo médico austríaco Sigmund Freud, e deixou um legado transformador na história – O inconsciente.


As manifestações do inconsciente: sonhos, atos falhos, chistes, são analisados durante o processo analítico, por meio da associação livre, método criado por Freud.


O psicanalista pode ser psicólogo, médico, como também outra formação de nível superior.

O Psicólogo, o psiquiatra e o psicanalista têm um objetivo comum: trabalhar com o sofrimento humano em suas mais diferentes manifestações, comprometidos com o sigilo

e ética profissional, servindo como mediador da palavra e silêncios a partir da escuta das angústias do cliente.




Helena Marques.

37 visualizações

© 2019 por Helenamarques

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now